Macarons de baunilha

Antes de mais relembro que o desafio para o 1º ano do blog termina em 2 dias, ainda vão a tempo de participar e ganhar uns miminhos.

Quanto à receita de hoje foi uma experiência boa pois apesar de conhecer os famosos macarons à alguns anos apenas o ano passado tiveo prazer de os experimentar. Bem a minha ligação com os ditos não começou muito bem, pois ofereceram.me uma caixinha deles e na altura provei de menta e chocolate e não me disseram garnde coisa, pensei até para mim são estes os famosos macarons que dizem ser maravilhosos? Ta bem tá, isto não é grande coisa. Depois lá provei o de limão e a coisa já ficou mais ou menos mas mesmo assim não me encheram as medidas, eram moles e o sabor era meio que enjoativo.Mas tudo se alterou no dia em que visitei a Ladurée pela primeira vez pois ainda antes de ter sequer partido em direcção a Paris já tinha 2 destinos na minha cabeça para visitar a Ladurée e o Pierre Hermé. Vamos ao Palácio de Versalhes e não tinham macarons, então lá fomos para a gigante Champs Elysées para uma enorme fila esperar para comprar os ditos e ainda bem que o fizemos, pois em cada mordida era a melhor coisa que comia e aí vi as maravilhas que falavam dos ditos serem mesmo verdade. Com a textura e sabores perfeitos cada sabor melhor que outro apesar de um pouquito carotes são bem pagos. Os meus preferidos são os de pistáchio e os de baunilha sem dúvida. Por isso tentei recriar e o resultado a nível de sabor e textura são bastante parecidos com as minhas lembranças o aspecto é que não ficou muito perfeito, mas para a próxima (já esta semana :P) ficaram mais redondinhos.

Ingredientes:

Conchas:

  • 200g de açúcar em pó
  • 130g de amêndoa moída sem pele
  • 100g claras de ovo(+/- 3 claras)
  • 30g de açúcar em cristais (açúcar comum)
  • sal
  • algumas gotas de limão
  • sementes de baunilha

Ganache baunilha de bourbon:

  • 200g de chocolate branco
  • 75g de creme fraîche
  • 25g de manteiga
  • 1/2 colher de café de sementes de baunilha
  • algumas gotas de essência de baunilha

Preparação:

Conchas:

1. Antes de começar disponha de todos os ingredientes que irá precisar já pesados e medidos. Leve a amêndoa ao forno por cerca de 10 minutos a 120ºC de forma a esta secar mexendo de 3 em 3 minutos de forma a não queimar. Retire e deixe arrefecer.

2. Num robot de cozinha junte o açúcar em pó e a amêndoa e misture muito bem. Reserve.

3. Num recipiente coloque as claras, uma pitada de sal e as gotas des limão e bata progressivamente, isto é, 1 minuto a velocidade mínima, 2 minutos a velocidade intermédia e adicione então o açúcar em cristal e as sementes da baunilha e bata mais 3 a 5 minutos na velocidade máxima.

4. Às claras em neve junte metade da mistura de açúcar em pó/amêndoa moída e mexa  com uma espátula de silicone de baixo para cima delicadamente. Adicione a segunda metade da mistura e volte a mexer tudo muito bem repetindo o mesmo processo anterior.

5. Coloque o preparado num saco de pasteleiro com um bico de cerca de 1 cm e sobre uma folha de papel vegetal faça pequenos círculos desta forma,  para que exista melhor circulação do calor entre elas. Deixe as conchas à temperatura ambiente, num local fechado e sem muita luz por 1 a 2h até que forme uma pequena cutícula e não cole quando tocadas.

6. Ligue o forno 20 a 30 minutos antes para aquecer. Leve as conchas ao forno a 130ºC por 22 minutos (depende do tipo de forno, por isso convém ir vendo para não ficarem dourados). Deixe arrefecer sobre o papel vegetal e se não rechear no próprio dia reserve as conchas numa caixa de metal hermética.

Ganache:

1. Derreta o chocolate branco em banho maria juntamente com o creme fraîche e a manteiga. Quando estiver derretido adicione a essência de baunilha e as sementes de baunilha e mexa muito bem para misturar.

2. Reserve a ganache no frio algumas horas para ficar com uma consistência melhor.

Montagem dos Macarons:

1.Coloque a ganache num saco de pasteleiro com o mesmo bico utilizado para as conchas e recheie a base de uma concha pressionando a ganache no centro da mesma até ter uma quantidade considerável. Com uma outra base pressione delicadamente para que o ganache fique distribuído por todas a base.

Dicas importantes:

1. Separe as claras das gemas com 2 dias de antecedência pois assim serão mais fluídas.

2. Faça círculos médios e não muito grandes para que depois não fiquem dourados no forno durante a sua total cozedura. Caso sejam muito pequenos reduza no tempo de forno.

3. Utilize as claras à temperatura ambiente.

4. Caso seja uma pessoa paciente espere 2 a 3 dias para comer os macarons, pois serão melhores.

Fonte: aqui

16 thoughts on “Macarons de baunilha

  1. Que inveja de ti Vânia (no bom sentido claro) pois fiz uma vez e fui um desastre com os macarons. Agora ando a ver se ganho de novo coragem…
    Obrigada pela partilha,

    beijinhos
    PS- já tens a minha participação lá no blog.

  2. Olá Vânia, ainda bem que passei por aqui! Nunca fiz estes docinhos encantadores, já provei e como tu dizes… não achei nada de especial!
    Entretanto de tanto ver e ouvir falar estou com vontade de fazer. Ainda por cima dizes que são melhores passados uns dias, isso é perfeito posso fazer agora e deixar para domingo!
    Creme fraiche são natas, não é? Achas melhor rechear mais tarde?
    Passo por cá logo para ver as tuas respostas.
    Bjs

    • Creme fraiche é diferente das natas pois tem uma consistência mais espessa e o cheiro também é diferente, eu costumo comprar em 3 locais diferentes no intermaché, no E.Leclerc ou no continente, está na parte fria onde encontras as natas frescas. A embalagem é esta e a do intermaché deves encontrar esta. Eu fiz as minhas conchas no sábado à noite e só no domingo à noite é que recheei, depois coloquei numa caixa hermética no frigorífico e umas horas depois é que os provei, pois comidos frios têm melhor textura e consistência, pois à temperatura ambiente tornam-se moles e o sabor também fica a desejar..Espero ter ajudado😉 beijinhos

  3. Que lindos ficaram, sabe que nunca fiz por receio, me parecem tão deliciosos, a receita é ótima e a explicação perfeita. Acho lindos os macarons, e bom saber que quanto mais o tempo passa mais deliciosos ficam, se é que vão durar aqui em casa com as formiguinhas que tem aqui rsrs
    Bjos

    • Eu também não fazia por receio, mas pensei e tinha de arriscar..Tinha umas claras congeladas que tratei de descongelar e aí o receio crescia ainda mais por serem congeladas e se não ficassem bons. Mas ficaram o que é óptimo pois assim vamos congelando as claras que sobram e depois dá para fazer os macarons. Eu recheei domingo à noite e hoje comi um e estava óptimo ainda pois guardei numa caixinha hermética no frigorífico. Aconselho que experimente pois é um sabor único..beijinhos

  4. Olá,
    Ótima sujestão,ficaram lindos e delicioso.
    Não conhecia teu blog foi ao acaso,mas gostei do vi já estou seguindo,convido-te a visitares meu recanto aguardo tua visita aobrigado.
    Um bjinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s